sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

DIVÃ - Martha Medeiros

Um homem se conhece pelo beijo, mas uma mulher não se conhece nunca.... este é um dos muitos trechos do excelente livro  Divã, de Martha Medeiros. A obra narra os conflitos de Mercedes, professora, casada, mãe de 3 meninos, uma mulher que cresceu sem a presença materna e vive cercada por homens que a amam, cada um do seu jeito, mas não a compreendem. Afinal, quem compreende uma mulher?
Mercedes busca nas artes plásticas e nas sessões  com seu analista uma maneira de se encontrar, pois ela mesma sabe hospedar em si uma natureza contestadora. O término de um romance extra conjugal acaba por ,curiosamente, detonar o fim de seu casamento.O livro é composto pelos diálogos de Mercedes com seu analista Lopes, num ritmo dedelicioso, emocionante e ao mesmo tempo divertido.

"As vezes me sinto uma mulher mascarada, como se desempanhasse um papel em sociedade só para se sentir integrada, fazendo parte do mundo".

"Não era amor, era uma sorte.Não era amor, era uma travessura. Não era amor, era sacanagem. Não era amor, eram dois travesseiros. Não era amor, eram dois celulares desligados. Não era amor, era de tarde. Não era amor, era inverno. Não era amor, era sem medo. Não era amor, era melhor."

"Sempre desprezei as coisas mornas, as coisas que não provocam ódio nem paixão, as coisas definidas como mais ou menos. Um filme  mais ou menos, um livro mais ou menos. Tudo perda de tempo. Viver tem que ser perturbador, é preciso que nossos anjos e demônios sejam despertados, e com eles sua raiva, seu orgulho, seu asco, sua adoração ou seu desprezo. O que não faz você mover um músculo, o que não faz você estremecer, suar, desatinar, não merece fazer parte das ua biografia."


RECOMENDADÍSSIMO! Estou ansiosa para ver o filme, Lilia Cabral, dizem, está perfeita no papel de Mercedes. Porém, como sempre acontece com livros que viram filme, vou preferir a obra literária que é mais intensa e rica em detalhes.

Um comentário:

Edilaine disse...

Olá, tudo bem?
Também estou querendo muito ver esse filme, parece que vai passar no Telecine, estou enganada? Eu vi a propaganda mas não me lembro onde rsrsrs Olha eu gosto do que a Martha escreve, mas ainda não tive a oportunidade de ler o livro.Sempre é melhor. bjuss